top of page

Notícias

Celso de Mello autoriza inclusão de procuradores em investigação sobre Moro

Membros do MPF acompanharão oitiva

Segue pedido feito por Augusto Aras


O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello aceitou nesta 6ª feira (1º.mai.2020) pedido do procurador-geral da República, Augusto Aras, para inclusão de nomes dos procuradores que atuarão no interrogatório do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro. Eis a íntegra (182 kb) da decisão.

O ex-chefe da pasta será ouvido, em até 5 dias –por determinação do STF–, depois de ter afirmado que o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir politicamente da PF (Polícia Federal) ao indicar Alexandre Ramagem para a direção do órgão. Quando de sua demissão, Moro disse que não poderia continuar à frente do ministério “sendo forçado a sinalizar uma concordância, como a interferência política na Polícia Federal cujo os resultados são imprevisíveis”.

O pedido da PGR (Procuradoria Geral da República) para comunicar à PF os nomes dos procuradores que acompanharão a oitiva de Moro foi feito logo depois que o ministro Celso de Mello autorizou a abertura do inquérito.


Os membros do MPF (Ministério Público Federal) que participarão do depoimento serão Antonio Morimoto, João Paulo Lordelo Guimarães Tavares e Herbert Reis Mesquita.

Em sua decisão de autorizar o trabalho dos 3 procuradores, o ministro Celso de Mello ordenou que a PF e órgãos da procuradoria sejam comunicados o quanto antes, já que corre o prazo de 5 dias para que o ex-juiz seja ouvido.

Sergio Moro afirmou que  apresentará “no momento oportuno, quando a Justiça solicitar”, provas da interferência política de Jair Bolsonaro na Polícia Federal. Ele concedeu uma entrevista à revista Veja na 4ª feira (29.abr.2020).

De acordo com o ex-ministro, a entrevista concedida à Veja foi para desmentir a alegação do presidente: “Embora eu tenha um grande respeito pelo presidente, não posso admitir que ele me chame de mentiroso publicamente”.


Fonte: https://www.poder360.com.br/justica/celso-de-mello-autoriza-inclusao-de-procuradores-em-investigacao-sobre-moro/

9 visualizações0 comentário
bottom of page