top of page

Notícias

'E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê?', reage Bolsonaro após número recorde de mortes por corona


BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro não quis comentar o novo recorde de mortes pela Covid-19 no país, registrado nesta terça-feira. Ao todo, 474 mortes foram confirmadas em 24h. Já são mais de 5 mil óbitos pela doença. Bolsonaro disse que nunca negou que ocorreriam mortes, mas afirmou não ter como fazer milagre. Em seguida, ele questionou se havia televisões e rádios ao vivo. Sabendo que sim, voltou a falar sobre o tema e disse se solidarizar com as famílias dos mortos....

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou hoje entender que "não é culpa dele" o recorde diário de mortes por coronavírus e atribuiu a responsabilidade aos governadores e prefeitos por conta de medidas restritivas adotadas no enfrentamento à pandemia. "Imprensa tem que perguntar para o Doria (governador de São Paulo) porque mais gente está perdendo a vida em São Paulo, pergunta para ele. Tomou todas as medidas restritivas que achou que tinha que tomar. Não adianta a imprensa botar na minha conta essas questões que não cabem a mim. A minha opinião não vale, o que vale são os decretos de governadores e prefeitos", disse....

Ontem, o Ministério da Saúde anunciou que subiu para 5.017 o número total de mortes provocadas pela doença no país, 474 delas registradas nas últimas 24 horas. Com os dados atualizados, o Brasil ultrapassou a China, que registra oficialmente 4.643 mortes por conta da covid-19....


fonte : dois

8 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page